Todo mundo tem o direito de errar. Mas cometer erros na decoração da casa é uma gafe que pode sair muito cara! Por isso, a arquiteta Leila Dionizios listou 10 erros comuns ao decorar a casa para você não cometer nenhum deles e deixar a casa linda! Confira:

Erros na decoração da casaFonte: Graphic Stock.

1. Comprar os móveis antes de pintar a casa: esse é um erro muito comum. Nos deixamos levar pelo momento e compramos os móveis antes da reforma estar efetivamente pronta. O problema nisso é que os móveis ocupam muito espaço e precisaram ser arrastados de um lado para o outro, o que pode fazer com que se desgastem ou quebrem. Além disso, respingos de tinta podem cair sobre a mobília nova, fazendo com que ela estrague antes mesmo de ser usada. Se o piso precisar ser trocado, o transtorno pode ser ainda maior! Então, se não houver espaço para guardar os móveis em outro cômodo que não seja o da reforma, pode valer a pena adiar a compra. Outra ideia é tentar alinhar a data da entrega da obra com a da entrega dos móveis. Dessa forma, assim que a obra acabar, os móveis já entram e tudo fica pronto rápido.

2. Comprar por impulso: a situação é comum, principalmente para quem nunca decorou uma casa. Ao invés de se planejar para comprar o que é realmente necessário e combina entre si, acabamos com uma série de itens que não fazem o menor sentido juntos! Combinar os estilos é muito legal, mas misturar muito pode virar uma verdadeira bagunça. Por isso, antes de ir às compras, planeje-se: pesquise os móveis e os acessórios que são necessários para cada cômodo, como será a disposição deles, o tamanho que eles podem ter… dessa forma, evitamos muitas compras por impulso.

3. Escolher somente pela beleza: na decoração de uma casa, beleza e funcionalidade devem andar sempre juntas para deixar o cômodo ainda mais confortável e agradável. Por isso, antes de comprar um item, principalmente os móveis, preste muita atenção e peça para testar. Nada pior do que ter que conviver anos com um sofá ou uma cama linda de ver e horrível de usar. Portanto, fique atento a todos os detalhes, não só com a aparência.

 10 erros comuns ao decorar a casaFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

4. Não prestar atenção nas especificações técnicas: nem todo mundo tem o costume de ler as letras miúdas das especificações técnicas de um produto. É assim que acabamos comprando um eletrodoméstico de 220V ao invés de um de 110V ou um sofá maior que a parede da sala de estar. Por isso, atenção aos detalhes e carinho ao ler todas as letras pequenas, pois efetuar a troca dos produtos pode ser uma verdadeira dor de cabeça.

5. Não medir o espaço: esse erro é muito comum, principalmente para quem está decorando pela primeira vez. No entanto, conhecer o tamanho exato de cada cômodo é muito importante para sabermos o que podemos colocar nele. Somente dessa forma pode-se escolher os móveis mais adequados, preservando o espaço para circulação e ainda criar um ambiente bonito e funcional. Aproveite para medir também portas e janelas. Assim, você também poderá ter certeza se o sofá ou a geladeira terão como entrar em casa.

6. Estourar o orçamento: esse é um erro que muita gente comete: se empolgar com a decoração da casa e acabar gastando mais do que devia. No entanto, também é possível contornar a situação. Planeje-se com antecedência e acompanhe os preços dos itens que você quer comprar durante um tempo. Assim, quando o valor cair, você poderá comprá-lo e economizar algum dinheiro. Compre primeiro aquilo que é mais necessário para o bom funcionamento da residência e deixe os supérfluos para depois. Dessa forma é possível manter a casa funcionando e o orçamento dentro do esperado.

10 erros comuns ao decorar a casaFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

7. Não desapegar: você reformou a casa toda, comprou móveis novos e lindos acessórios decorativos, mas não consegue desapegar dos antigos? Acabou com a casa entulhada de coisas que não combinam entre si ou então com um quartinho cheio de caixas de coisas velhas? Todos temos dificuldades em desapegar de coisas, seja por gostarmos muito ou pelas recordações. No entanto, para ter uma casa novinha e arrumada, muitas vezes temos que nos desfazer do passado. Não tenha medo de desapegar pois as boas lembranças não são materiais. Jogue fora o que estiver quebrado e doe o que estiver em bom estado. Itens maiores e mais caros, como móveis ou peças de coleção, podem ser vendidas e render um bom dinheiro.

8. Itens da moda: os itens da moda dão charme e beleza para o cômodo, mas por tempo limitado. A moda é algo que muda muito rapidamente e pode deixar sua decoração desatualizada. No entanto, não há problema algum em ter itens da moda na decoração, mas dê preferência a acessórios que podem ser facilmente modificados. Para itens grandes, como os móveis, por exemplo, procure algo mais neutro e atemporal, que possa te acompanhar por vários anos. Afinal, móveis de boa qualidade são caros e você não vai poder trocá-los a casa estação.

9. Não pensar na iluminação: muita gente reforma a casa toda, mas se esquece da iluminação e termina com uma casa com lindos cômodos, mas que simplesmente não podem ser vistos direito. Ao decorar a casa, é importante pensar em tudo, até na iluminação e em como aproveitá-la da melhor maneira possível, inclusive em formas de economizar. Alguns locais da casa precisam de luzes mais potentes; outros merecem uma iluminação indireta e aconchegante. Por isso, planeje a iluminação junto com a reforma e a decoração da casa, para ela ficar bonita e eficiente.

10 erros comuns ao decorar a casaFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

10. Não contratar ajuda profissional: para reformas estruturais, contrate um arquiteto. Instalações elétricas necessitam de um eletricista, assim como as hidráulicas pedem um encanador. Só porque você pintou os cômodos não significa que não precisa de ajuda com o resto. Mexer na estrutura da casa e fazer instalações elétricas e hidráulicas são trabalhos para profissionais, pois requerem conhecimentos específicos que você pode não ter.

Curtiu? Então faça seu comentário sobre este artigo: