Não há nada mais gratificante do que criar a decoração de quarto de bebê. Afinal, decorar o quarto do habitante mais importante da casa é sempre um momento de lazer e imenso prazer para os futuros pais. E esse trabalho não precisa ser longo nem estressante, basta ter um pouco de organização e foco.

Decoração de quarto de bebêFonte: Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica.

Preocupações que devem ser tomadas com a decoração de quarto de bebê

Tamanho do cômodo: antes de sair comprando tudo o que achar lindo, tire as medidas do quarto para ter uma noção do tamanho do cômodo. Não adianta querer colocar um jogo de quarto infantil completo em um cômodo pequeno, pois será difícil se mover pelo quarto. Tenha cuidado redobrado se o cômodo for grande, pois podemos acabar exagerando ainda mais só por causa de seu tamanho avantajado.

Móveis: invista no que será realmente usado. O bebê precisará de um berço, então escolha um de boa qualidade. Espaço para armazenamento é vital, por isso invista em uma cômoda, que também pode ter seu tampo usado como trocador. Será necessário um espaço para amamentá-lo, então pode valer a pena ter uma poltrona ou cadeira de balanço. Se o quarto for pequeno, opte por móveis multifuncionais. Hoje em dia já existem berços com cômodas e trocadores acoplados que ocupam bem pouco espaço e são extremante práticos. Além disso, opte por móveis com linhas retas e sem um monte de detalhes, que são mais fáceis de limpar.

Tranquilidade e aconchego: é disso que o bebê vai mais precisar no seu quartinho. Por isso, proporcionar um ambiente sem muitos estímulos visuais nem barulho é o primeiro passo para criar uma ótima decoração de quarto de bebê. Controle aquela vontade de encher o quarto de brinquedos e bichinhos de pelúcia, que só trará mais trabalho na hora de limpar e poderá atrapalhar o bebê na hora de dormir. Providencie também cortinas ou persianas de material antialérgico, que ajudam a deixar o quarto mais aconchegante para aquele cochilo da tarde.

Decoração de quarto de bebêFonte: Houzz – Michael Wickham.

Cores: na hora de escolher as cores, dê preferência aos tons neutros e suaves, pois cores fortes podem cansar tanto você quanto o bebê. Para dar um toque colorido a decoração de quarto de bebê, aproveite os objetos decorativos, como almofadas, cortinas e abajures, e escolha-os em tons mais fortes e chamativos. Quando se cansar deles, basta trocar, o que é muito mais fácil que pintar novamente o quarto.

Explore o cômodo verticalmente: quanto menor o quarto, mais vale a pena utilizar as paredes para deixar o espaço organizado e funcional. Por exemplo, ter uma prateleira perto do trocador com talco, lenços umedecidos, algodão e fraldas podem ajudar muito na hora de trocar o bebê. Além disso, a parede pode receber alguns itens decorativos, como quadros com fotos da família ou alguns nichos. Outra boa opção para decorar a parede é usar papel de parede ou adesivos de parede, que são fáceis de instalar e dão um toque especial na decoração de qualquer cômodo.

Decorações temáticas: as decorações temáticas podem ser lindas, mas nem sempre são práticas. Por isso, se você quer usar um tema para criar a decoração de quarto de bebê, escolha algo genérico, como ursinhos de pelúcia, floresta ou barcos, sem necessariamente incluir um personagem da moda, que pode tornar a decoração cansativa e defasada muito rapidamente.

Decoração de quarto de bebêFonte: Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica.

Agora com essas dicas para fazer a decoração de quarto de bebê, basta colocar a mão na massa! Mas, se restou alguma dúvida, entre em contato com o escritório Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica, que possui uma equipe especializada e com bastante experiência para decorar o quarto do bebê de forma única e especial.

Curtiu? Então faça seu comentário sobre este artigo: