Criar uma decoração de quarto infantil pequeno, de forma que o cômodo fique bonito e funcional, é um desafio cada vez mais comum. O que não o torna mais fácil. Se você é pai ou mãe, e resolveu aceitar esse desafio, confira as dicas que a arquiteta Leila Dionizios preparou para te ajudar!

Decoração de quarto infantil pequenoFonte: Houzz – Michael Wickham.

  • Quarto pequeno é sinal de que não há como ficar guardando um monte de coisas que não estão sendo usadas. Muitos pais tem apego emocional aos móveis, roupas e brinquedos que o filho ou filha utilizaram quando eram bebês. No entanto, as crianças cresceram, não usam mais nada disso e precisam do espaço do quarto para desenvolver outras atividades. Portanto, guarde os bons momentos (na memória e em fotografias) e doe o que não está sendo usado. Dessa forma, você ensina seu filho a se desapegar e ainda ajuda uma família carente.
  • Na hora de pintar o quarto, escolha cores claras e neutras, que vão deixar o cômodo pronto para receber a decoração infantil, que costuma ser um pouco mais colorida. Se o seu filho gosta muito de uma cor específica, use-a em tom pastel e deixe por conta dos acessórios decorativos para inserir a cor em tons mais brilhantes no quarto. Para dar mais vida ao cômodo, é possível usar papel ou adesivo de parede, que estão super na moda e, quando houver necessidade, também são fáceis de serem removidos.
  • A criança irá precisar de itens essenciais: uma cama para dormir e um armário para guardar seus pertences. Escolha móveis proporcionais ao tamanho do quarto e da criança, para não deixar o cômodo muito entulhado. Se sobrar um espacinho, também vale a pena investir em uma escrivaninha e uma cadeira, para criar um locar de estudo ideal para a criança.

Quarto pequeno de criança Fonte: Leila Dionizios Arquitetura.

  • Para ganhar algum espaço, considere uma cama com gavetas ou baú, local no qual é possível guardar brinquedos , sapatos, lençóis, fronhas, toalhas, etc. O colchão deve ser de ótima qualidade, para proporcionar boas noites de sono para a criança, que está numa fase fundamental de seu desenvolvimento.
  • Como os móveis do quarto estão sendo trocados, o ideal é escolher novas peças que possam acompanhar a criança durante muito tempo. Por isso, móveis de ótima qualidade em cores neutras e design moderno podem ser uma boa opção. Assim, na hora de redecorar o quarto no futuro, basta pintar e trocar alguns objetos decorativos, como as cortinas, o lustre ou o tapete, para o local cômodo ficar completamente diferente.
  • Na decoração de quarto infantil pequeno também podem entrar nichos e prateleiras para guardar alguns livros, bichinhos de pelúcia e objetos decorativos que a criança tenha. Nichos e prateleiras são essenciais para pessoas que possuem quartos pequenos, pois proporcionam um espaço extra de armazenamento que não ocupa muito espaço. O legal é mostrar a ela como se arruma e limpa esse local (e o resto do quarto) para criar nela um senso de responsabilidade sobre seu ambiente e seus objetos pessoais.

Decoração de quarto pequeno para criançaFonte: Leila Dionizios Arquitetura.

  • Também é interessante deixar algum espaço livre no chão para a criança poder brincar no quarto. Dessa forma, o resto da casa fica arrumado, mesmo quando seu filho ou filha resolverem tirar todos os brinquedos do lugar.
  • Na hora de fazer a decoração de quarto infantil pequeno, procure assumir um tema ou estilo mais genérico, ao invés de um personagem da moda. Os personagens mudam o tempo todo, e logo a decoração estará desatualizada. Portanto, ao invés de um personagem, que tal algo como “futebol”, “música” ou “balé”?

Com essas dicas para decoração de quarto infantil pequeno já é possível começar um projeto para reorganizar o ambiente do seu filho. Mas quem deseja um projeto de decoração exclusivo e profissional, pode entrar em contato com a arquiteta Leila Dionizios, que terá o maior prazer em te ajudar.

Curtiu? Então faça seu comentário sobre este artigo: